Pages

Ads 468x60px

Labels

17 setembro, 2012

Dos desafios da vida


Aquele adorável mostro branco imóvel, estagnado pelo tempo que o alimenta é meu maior medo, meu desafiante que instiga meus sentidos sem proferir uma só palavra. O vento assobia contos tristes em meu ouvido, de outros que tentaram mas não lograram êxito mas não me importo: cá estou para vencer, minha determinação é combustível para minhas ações.
Embora não seja religioso, creio em Deus e faço minhas orações. Não peço que me carregue nos braços até o cume, curvo-me humildemente e no auge de minha resignação agradeço por todos os dias de minha vida, pelos poucos mas verdadeiros amigos que uniram seus passos aos meus nesta jornada e que mesmo à distância estão alí, comigo neste momento mágico. Sorrio timidamente enquanto uma lágrima percorre meu rosto para se perder no solo; lembro da mulher que mora em meu peito ao passo que o sol disperta meio trôpego no horizonte, acordando as plantas, os animais, enchendo de vida e alegria onde antes a escuridão da noite imperava.
O caminho é difícil, longo e exige grande esforço físico e mental. Cada passo adiante deixa marcas para trás, marcas que em algum momento serão encobertas deixando definitivamente o campo de visão -embora não sejam por completo apagadas, pois mesmo tendo avançado e posteriormente retornando em nosso caminho para apagar marcas do passado, estas jamais somem de nossa memória.
É preciso prosseguir, o desafio é imenso e pode não haver tempo para encerra-lo. O tempo é traiçoeiro, não permite tropeços.

Música Ambiente

Se um dia fores embora
Te amarei bem mais do que esta hora
Me lembrarei de tudo que eu não disse
E de quando havia tudo que existe
Quando choramos abraçados
E caminhamos lado a lado
Por favor amor me acredite
Não há palavras para explicar o que eu sinto
Mesmo que tenhamos planejado
Um caminho diferente
Tenho mais do que eu preciso
Estar contigo é o bastante
Certas coisas de todo dia
Nos trazem a alegria
De caminharmos juntos lado a lado por amor
E quando eu for embora
Não, não chores por mim.

09 setembro, 2012

Guerreiro da Luz


"É curioso", comenta o guerreiro da luz consigo. "Encontrei tanta gente que - na primeira oportunidade - tenta mostrar o pior de si. Esconde a força interior atrás da agressividade; disfarça o medo da solidão com o ar de independência. Não acredita na própria capacidade, mas vive pregando aos quatro ventos suas virtudes”.

O guerreiro lê estas mensagens em muitos homens e mulheres que se conhece. Nunca se deixa enganar pelas aparências, e faz questão de permanecer em silêncio quando tentam impressioná-lo. Mas usa a ocasião para corrigir suas falhas - já que as pessoas são sempre um bom espelho.

Um guerreiro aproveita toda e qualquer oportunidade para ensinar a si mesmo.